Amigos, 20 anos depois, a história continua
Pode tirar a viola do saco para acompanhar os maiores clássicos da música sertaneja do país! É que juntos e, pela primeira vez na história em turnê, os donos dos hits mais tocados nas rádios brasileiras nas últimas décadas vão colocar o pé na estrada apresentando “AMIGOS 20 Anos – A História Continua”, formado pelo quinteto sertanejo.

O grupo, composto pelos cantores Chitãozinho & Xororó, Leonardo, da saudosa dupla formada em parceria com o irmão Leandro, e Zezé Di Camargo & Luciano, presenteia os fãs com a turnê comemorativa “AMIGOS 20 Anos – A História Continua”. Os shows, uma superprodução sob o comando da empresa PEEB Experiências Culturais, passarão pelas cidades de Belo Horizonte (MG), São Paulo (SP), Brasília (DF), Porto Alegre (RS) e Rio de Janeiro (RJ), entre outras.

AMIGOS nasceu em 1995, quando os cantores se reuniram por conta de um especial da Rede Globo, que resultou em outros shows-especiais exibidos nacionalmente na TV durante a década de 1990. A produção popularizou a música sertaneja junto aos brasileiros. A última exibição do show pela TV foi em 31 de dezembro de 1998, tendo recentemente completado duas décadas da última apresentação com os cinco artistas no palco.

Este momento tão aguardado pelos fãs já tem data e o retorno deles, juntos, não poderia ser em um dia mais emblemático. Em 20 de julho de 2019, quando se comemora Dia Do Amigo, eles farão o primeiro show da turnê “AMIGOS 20 Anos – A História Continua”, no Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG), que comporta 62 mil Pessoas.

Segundo João Paulo Affonseca, diretor da PEEB Experiências Culturais – empresa à frente do projeto-, o reencontro tem uma importância muito significativa, especialmente neste momento de vida dos brasileiros. “Queremos resgatar nas pessoas os sentimentos positivos e as memórias especiais. Sabemos o quanto a década de 1990 tem esse poder de resgate. Quando abraçamos esse projeto, nosso objetivo era brindar às pessoas com essa nostalgia e esse mar de esperança e encorajamento, dos quais tanto precisamos”, explica Affonseca.

Para a dupla Chitãozinho & Xororó, é um prazer voltar aos palcos com amigos queridos. “A vida nos dá oportunidades pelas quais temos que ser gratos. Poder voltar e agora fazer a primeira turnê rodando o Brasil com nossos amigos e fazendo o que mais amamos nessa vida, que é cantar é uma satisfação para a gente. Este encontro é um momento que devemos celebrar e fazer com todo o amor e alegria”, afirmam.

“É uma honra voltar aos palcos com essa turma, que é como família para mim. Mesmo com o passar dos anos e com os revezes da vida, a perda do meu irmão principalmente, será um prazer reviver essas lembranças tão especiais e levarmos esse carinho para os nossos fãs”, explica Leonardo.

“Voltar a nos reunir com nossos amigos queridos, que em diversos momentos de nossas vidas continuam presentes é, sem dúvida, um dos maiores privilégios que estamos tendo nos últimos tempos. Nosso reencontro é uma consequência disso. E claro, será uma alegria multiplicada podermos encontrarmos nossos amados fãs nos shows Brasil afora. A turnê “AMIGOS 20 Anos – A História Continua” é uma maneira de celebrar toda a nossa trajetória musical e os momentos maravilhosos que ela nos proporcionou, unida à história de milhões de brasileiros que nos acompanham há mais de duas décadas”, finalizam os cantores Zezé Di Camargo & Luciano.


Relembrando a história dos Amigos

❖ 1995: O primeiro especial Amigos foi transmitido pela TV Globo em 23 de dezembro e reprisado no ano seguinte duas vezes, em março e junho de 1996. O show foi gravado no Espaço Verde Chico Mendes, em São Caetano do Sul (SP), na Grande São Paulo, cujos ingressos eram brinquedos e alimentos não perecíveis destinados a entidades beneficentes da região. Cerca de 100 mil pessoas assistiram ao primeiro show especial, que mostrou os cantores trocando de parceiros e interpretando as canções uns dos outros.
Neste primeiro especial, em 1995, foram apresentadas 30 canções do repertório das três duplas, tendo sido aberta com a música “Disparada”, de Geraldo Vandré e Théo de Barros, bem como clássicos do sertanejo, como “Menino da Porteira” e a canção natalina “Noite Feliz”. Além disso, o programa também transmitiu cenas na fazenda de um dos sertanejos em Campinas (SP), mostrando os artistas em um momento de confraternização.

❖ 1996: A segunda edição do show especial Amigos foi gravada em Paulínia (SP), interior São Paulo. Ela foi exibida em 25 de dezembro de 1996, pela TV Globo, e reprisada no ano seguinte em janeiro de 1997. O especial de 1996 trouxe em sua abertura os seis cantores embarcados em um helicóptero cinematográfico, falando sobre o show do ano anterior e interrompidos com flashbacks. Ao entrarem de mãos dadas no palco, estavam cercados por artistas circenses e arremessaram rosas à plateia. O show foi aberto com a canção Viola.


❖ 1997: A terceira edição do show especial Amigos teve como cenário o ginásio do Mineirinho, em Belo Horizonte (MG), homenageando as comemorações do centenário da capital mineira. Foi transmitido pela TV Globo em 30 de dezembro de 1997 e reuniu cerca de 30 mil pessoas. O cenário, projetado por Mauro Monteiro e Jeanine Marques, teve inspiração futurista e um palco de cinco pontas. Cada uma dessas pontas abrigou o público, uma espécie de “piscina”, que deixava os fãs mais próximos aos artistas. Essa edição de Amigos teve participação de Daniel, Daniela Mercury, Fábio Jr., Roberta Miranda, entre outros convidados. A produção de arte foi de Beto Herriot e Valéria Goulart, com figurinos de Chico Spinoza e Anete Cota.


❖ 1998: O último Show Amigos foi permeado pela homenagem e nostalgia e também transmitido pela TV Globo, em 30 de dezembro de 1998. Sem a presença do cantor Leandro, falecido em 23 de junho do mesmo ano, os cantores e mais de 60 mil fãs se reuniram no local do primeiro encontro, o Espaço Verde Chico Mendes, em São Caetano do Sul (SP), na Grande São Paulo, para prestar homenagem ao jovem sertanejo. O cenário reproduziu o clima das festas de rodeio do interior paulista, com criação de Mauro Monteiro, produção de arte de Bia Brício e Valéria Goulart, figurinos elaborados por Chico Spinoza e Anete Cota e os bailarinos contaram com a supervisão de Beth Oliosi e coreografias de Caio Nunes e Regina Sauer. O cantor e ex-plantador de tomates de Goiás, amparado pelos amigos sertanejos, participou emocionado da homenagem ao irmão, que além dos sucessos das duplas, foi encerrado com a presença do conjunto Fat Family interpretando “Ave Maria”.


Todas as quatro edições do espetáculo tiveram canções compiladas em discos, lançados pela gravadora Som Livre.

Repertório

01 – Disparada
02 – Pout Pourri: Sinônimos / Pense Em Mim / É o Amor
03 – Nascemos Pra Cantar
04 – Pode Ser Pra Valer
05 – Entre Tapas e Beijos
06 – Sonho de Amor
07 – Rumo À Goiânia
08 – Fio de Cabelo
09 – Eu Juro
10 – Não Aprendi a Dizer Adeus
11 – A Ferro e Fogo
12 – Brincar de Ser Feliz
13 – Sem Medo de Ser Feliz
14 – No Dia Em Que Sai de Casa
15 – Pout Pourri: Toma Juízo / Preciso Ser Amado
16 – Alô
17 – Página de Amigos
18 – Talismã
19 – Saudade de Minha Terra
20 – Nuvem de Lágrimas
21 – Temporal de Amor
22 – 60 Dias Apaixonado
23 – Pout Pourri: Vá Pro Inferno Com Seu Amor / Galopeira (Galopera)
24 – Cumade e Cumpade
25 – Flores Em Vida
26 – Única
27 – Estrada da Vida
28 – Pra Não Pensar Em Você
29 – Se Deus Me Ouvisse
30 – Como um Anjo
31 – Mano
32 – Pout Pourri: Um Sonhador / Não Olhe Assim
33 – Desculpe, Mas Eu Vou Chorar
34 – Você Vai Ver
35 – Pão de Mel
36 – Evidências
37 – Cerveja
38 – Pout Pourri: Festa de Rodeio / Bailão de Peão / Mexe Que É Bom
39 – Canção da Amizade
 
Divulgue o seu artista, seus produtos, sua festa de peão, sua balada em nosso canal
COUNTRY CLUB TV
Entre em contato conosco!
 
 

Country Club Brasil ©2006 - Todos os direitos resevados