Dupla Day & Lara lançam primeiro DVD da carreira
Dupla Day & Lara lança primeiro DVD da carreira, com repertório autoral

Day & Lara, queridinhas de famosos do sertanejo por suas composições, lançam nesta sexta-feira, 17 de fevereiro, o primeiro DVD da carreira. A dupla, após compor faixas famosas como “Você Faz Falta Aqui” (Maiara & Maraísa), “Só Não Deixa Eu Tomar Birra” (Lucas Lucco), “Maquiagem Borrada” (Zé Felipe), decidiu iniciar carreira própria em 2016, quando assinaram com a Sony Music, e logo lançaram o single de sucesso “Até Ex Duvida”, com participação de Maiara & Maraísa. O DVD “Day e Lara (...)” também traz a participação da dupla Munhoz & Mariano.
“No caso de Maiara & Maraisa, foi tudo muito natural. Nós já tínhamos um contato por conta do meio sertanejo, e a amizade foi se fortalecendo junto com as composições. Quando estávamos compondo ‘Até Ex Duvida’, na hora do ‘Sai da frente tá formada a quadrinha’ a Lara soltou: ‘Com Maiara e Maraisa’, brincando. Com isso pensamos: ‘Por que não chamá-las para participar do nosso DVD?’. E elas toparam na hora”, explica Day, de 23 anos.
“Até Ex Duvida”, primeira música lançada pela dupla em 2016, já é um sucesso e tem mais de 4,8 milhões de streamings no Spotify e 11 milhões de visualizações no YouTube. Gravado ao vivo no dia 2 de agosto de 2016, no Santa Fé Hall, em Goiânia, o DVD traz 17 músicas autorais da dupla, que atualmente tem mais de 830 mil ouvintes mensais no Spotify.
“A seleção do repertório foi feita dois meses antes da gravação. Enquanto estávamos compondo para outros artistas - o que ainda fazemos – íamos percebendo se a música tinha que ser para o nosso projeto. A ‘Digitando...’ foi a última a entrar, mas se tornou uma das mais especiais. Na verdade, todas têm o seu valor e vieram em momentos especiais, cada uma com o seu tema”, comenta a dupla.

Day & Lara chamam atenção do público com composições curiosas e algumas até engraçadas. A letra da faixa “Lixeiro”, que as duas compuseram em parceria com Diego Silveira e Victor Gabriel, relata a conversa de uma mulher com o gari da sua rua: “Eu sei que não é permitido, mas se puder me leva que eu hoje eu tô um lixo”. Já em “Digitando...” elas contam sobre a dificuldade de escrever “eu te amo” pela primeira vez em um relacionamento recém-iniciado.

Além de ser disponibilizado digitalmente, o produto também será lançado nos formatos CD e kit, com CD e DVD. A dupla fará show de lançamento do DVD no dia 17 de março, na Woods SP.

Repertório do DVD “Day e Lara”:
1. Abertura
2. X na Comanda
3. Lixeiro
4. Até Ex Duvida feat. Maiara & Maraisa
5. Você Não Esperava
6. Couvert
7. Só Pra Constar
8. Traição Não É Acidente
9. Liga Pro Meu Advogado
10. Digitando...
11. Cê Sabe Que é Ele
12. Sexo Frágil
13. Minas com Goiás
14. Brinda e Vira
15. Nadica de Nada
16. Atendo ou Não Atendo feat. Munhoz & Mariano
17. Eu Dei
18. Chama Lá

Repertório do CD “Day e Lara”:
1. X na Comanda
2. Lixeiro
3. Até Ex Duvida feat. Maiara & Maraisa
4. Você Não Esperava
5. Só Pra Constar
6. Traição Não É Acidente
7. Liga Pro Meu Advogado
8. Digitando...
9. Cê Sabe Que É Ele
10. Sexo Frágil
11. Minas Com Goiás
12. Brinda e Vira
13. Atendo Ou Não Atendo
14. Eu Dei

Para obter mais informações, visite:
DAY E LARA ON-LINE
Facebook | Instagram | Twitter | Youtube | VEVO

Sobre Day & Lara:
Day nasceu em Goiânia (GO), em 1993, numa família que teve a música como grande divisora de águas. Filha de Camarguinho (da dupla Cleiton e Camargo), sobrinha de Zezé di Camargo e de Luciano, prima de Wanessa e neta do visionário seu Francisco, ela estudou Direito durante quatro anos, mas não conseguiu fugir do DNA. Afinal, desde os 3 anos já cantava e, ao invés de pedir bonecas de presente, queria mesmo era ganhar instrumentos e microfones. Seu gosto é amplo e eclético: vai de Cindy Lauper à saudosa Inezita, passando por Beyoncé, Oswaldo Montenegro e a pastora Ludmila Ferber. Day até chegou a gravar música gospel, mas a raiz sertaneja falou mais alto.
Nascida um ano depois, Lara é de Lagoa Formosa, mas foi criada em Patos de Minas (ambas em Minas Gerais). Aos 8 anos, ganhou do padrinho o seu primeiro violão, que - de tão grande para aquela garotinha - só conseguia ser tocado deitado por cima das pernas. Antes de se juntar a Day, ela formou uma dupla com o irmão, Victor, durante 12 anos. Mesmo respirando música desde cedo, também chegou a cursar Direito. Mas por apenas um semestre. O lado compositora já tomava boa parte de seu tempo. Incentivada pelo pai, que a ensinou a fazer a segunda voz cantando baixinho em seu ouvido, Lara partiu para Goiânia, meca da música sertaneja.

Foi na capital de Goiás que os caminhos das duas finalmente se cruzaram. Amigos em comum as aproximaram e a identificação foi instantânea. Elas, que já compunham sozinhas, passaram a criar em parceria. Juntas, apresentavam-se em audições para mostrar o (farto) material a artistas e empresários. A partir daí, suas músicas começaram a ser disputadas pelos principais nomes do gênero que abraçaram. Não demorou muito para oficializarem a dupla Day & Lara. E tudo isso aconteceu em pouco mais de um ano. O encontro já rendeu até música. “(...) Uai, só! Pensa num trem bom demais / Misturar o povo de Minas com a galera do Goiás”, festeja a letra de “Minas com Goiás”. “A composição foi nossa base, foi o que nos aproximou.
O processo é muito bacana. Nós encaramos como um trabalho de carteira assinada. Sempre que podemos, sentamos para rabiscar alguma coisa”, relata Day. “Às vezes, vem uma inspiração. Mas na maioria é um quebra-cabeça imaginário, em que vamos montando histórias que já aconteceram, mas de forma diferente do que foi contado. Chegamos a fazer canções por encomenda, mas raramente são direcionadas a um determinado intérprete. Acho que é aí que está o segredo, pois muitas músicas que estouraram com um artista já haviam passado pelos ouvidos de outros”, exemplifica Lara.

Para se ter uma ideia, os nomes das meninas estão por trás de hits como “Made in Roça” e “Muié, Chapéu e Butina”, gravadas por Loubet; “Maquiagem Borrada”, sucesso na voz de Zé Felipe; e “Tão Rara”, do repertório de Gusttavo Lima. As mulheres, lógico, não ficam atrás. Simone & Simaria registraram “Mais Que Uma Saudade”; enquanto Naiara Azevedo gravou “Radinho do Seu Zé” e “Você Não Presta”. Fora o grande número de composições que, feitas individualmente, elas emplacaram nas vozes de Zé Neto & Cristiano, Gabriel Gava e Maria Cecília & Rodolfo, entre muitos outros.
“Lembro como se fosse ontem a primeira vez que ouvi alguém cantar uma música minha. Foi o Lucas Lucco, com ‘Bebo Dobrado’. Bateu uma sensação de dever cumprido, um sentimento do tipo ‘eu consegui’. É muito gratificante ver sua obra ganhando vida”, recorda Lara, comemorando o fato de, hoje, fazer parte do mesmo escritório de Lucas Lucco. “Cada cantor que grava uma música nossa coloca a sua personalidade e isso é algo mágico. Ver o público absorvendo esse sentimento, cantando o que você sentiu e escreveu, é emocionante”, constata Day.

Heloísa
Assessoria de Imprensa - Access Mídia
 
Divulgue o seu artista, seus produtos, sua festa de peão, sua balada em nosso canal
COUNTRY CLUB TV
Entre em contato conosco!
 
 

Country Club Brasil ©2006 - Todos os direitos resevados